Porto do Amboim em Porto Amboim Um olhar estratégico para o mar e para a terra

  • Criador do tópico RCAAP Rss Feeder
  • Start date

↗️ Plataformas de hospedagem de Conteúdo(audio, video..etc) do Pinhalismo(Carlos Pinhal)

Redes Socias do Pinhalismo: Canal Telegram Grupo Telegram(NFP Social)

Hospedagem de Videos: Canal do Youtube Dailymotion Rumble Odysee
Hospedagem Multi Média(video, audio, imagem...etc): Internet Archive
R

RCAAP Rss Feeder

Guest
Breve resumo:
Sabemos que o transporte marítimo (cabotagem e longo curso) é, ao mesmo tempo, indutor e resultado da mundialização do capital e do desenvolvimento económico, além de ser fundamental para a circulação e mobilidade geográfica das mercadorias e do capital. A atividade portuária apresenta-se pois como uma das mais influentes na estrutura económica de Angola. O porto de Amboim em particular contribui e reforça, claramente, essa dinâmica. Neste sentido, ao debruçarmo-nos sobre esta infraestrutura estratégica e fundamental para a Angola, pensaremos em Amboim numa perspetiva nacional e mundial. E porquê? Porque o sector portuário mundial está a passar por alterações profundas, designadamente ao nível da respetiva dimensão e do modo de funcionamento. As mudanças devem-se sobretudo à implementação de diferentes modelos de gestão e administração. Não obstante, para o transporte marítimo, continua a ser essencial o do costume: o meio físico (mar/oceano), o planeamento setorial, os investimentos em infraestruturas e as estratégias logísticas das empresas. Serve pois este estudo para perceber essa dinâmica em Porto Amboim e para refletir sobre os desafios que se colocam à gestão portuária em geral. Veremos se as alterações a que o porto de Amboim está a ser sujeito estão a ser decisivas para a melhoria, tanto da infraestrutura em particular, como do sector em geral, ou, pelo contrário, se afiguram insuficientes quando comparadas com portos de referência mundiais, ao nível da dimensão, dinamismo e eficiência económicos, financeiros, sociais e estratégicos.​



Info Adicional:
Sabemos que o transporte marítimo (cabotagem e longo curso) é, ao mesmo tempo, indutor e resultado da mundialização do capital e do desenvolvimento económico, além de ser fundamental para a circulação e mobilidade geográfica das mercadorias e do capital. A atividade portuária apresenta-se pois como uma das mais influentes na estrutura económica de Angola. O porto de Amboim em particular contribui e reforça, claramente, essa dinâmica. Neste sentido, ao debruçarmo-nos sobre esta infraestrutura estratégica e fundamental para a Angola, pensaremos em Amboim numa perspetiva nacional e mundial. E porquê? Porque o sector portuário mundial está a passar por alterações profundas, designadamente ao nível da respetiva dimensão e do modo de funcionamento. As mudanças devem-se sobretudo à implementação de diferentes modelos de gestão e administração. Não obstante, para o transporte marítimo, continua a ser essencial o do costume: o meio físico (mar/oceano), o planeamento setorial, os investimentos em infraestruturas e as estratégias logísticas das empresas. Serve pois este estudo para perceber essa dinâmica em Porto Amboim e para refletir sobre os desafios que se colocam à gestão portuária em geral. Veremos se as alterações a que o porto de Amboim está a ser sujeito estão a ser decisivas para a melhoria, tanto da infraestrutura em particular, como do sector em geral, ou, pelo contrário, se afiguram insuficientes quando comparadas com portos de referência mundiais, ao nível da dimensão, dinamismo e eficiência económicos, financeiros, sociais e estratégicos.



Autor:




Clica para continuares a ler...
 
Voltar
Topo