RSS Cientifico geral O exercício da contabilidade numa empresa industrial : o caso da Fábrica de Tabaco Micaelense, S.A.

  • Criador do tópico RCAAP Rss Feeder
  • Start date

↗️ Plataformas de hospedagem de Conteúdo(audio, video..etc) do Pinhalismo(Carlos Pinhal)

Redes Socias do Pinhalismo: Canal Telegram Grupo Telegram(NFP Social)

Hospedagem de Videos: Canal do Youtube Dailymotion Rumble Odysee
Hospedagem Multi Média(video, audio, imagem...etc): Internet Archive
R

RCAAP Rss Feeder

Guest
Breve resumo:
O presente trabalho consiste num relatório de estágio elaborado no âmbito do segundo ano do Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais, com especialização em Finanças e Contabilidade, lecionado na Universidade dos Açores. O estágio, com duração de nove meses, teve início no dia 1 de outubro de 2020 e decorreu no departamento de contabilidade da Fábrica de Tabaco Micaelense, cuja principal atividade é a produção e venda de tabaco manufaturado. Ao longo do relatório efetua-se um enquadramento teórico sobre a contabilidade, seguindo-se a caracterização da empresa, a apresentação das várias atividades desenvolvidas no estágio e, por fim, é realizada uma análise crítica ao estágio. Com o enquadramento teórico sobre a contabilidade constata-se que esta área de estudo passou progressivamente a acompanhar o desenvolvimento económico e técnico e a redirecionar-se para o alcance de objetivos globais e para a tomada de decisões de gestão. Da caracterização da Fábrica de Tabaco Micaelense verifica-se que esta indústria tabaqueira atua num sistema de duopólio, tendo como principal foco a qualidade organolética dos produtos que comercializa, utilizando marcas próprias e marcas sob licença, e a adoção de práticas responsáveis. A aposta em novos produtos e numa carteira de negócios diversificada permitem à empresa marcar uma maior presença no mercado. As atividades desenvolvidas no estágio englobam o processo de receção, lançamento e arquivo da documentação, as práticas de controlo interno, a contabilidade analítica, as obrigações fiscais, a resposta a inquéritos estatísticos no âmbito da contabilidade e as operações de fim de exercício. Por fim, da análise crítica ao estágio verifica-se que a FTM tem uma presença sólida nos mercados Açores e Madeira e está sujeita a uma forte legislação antitabágica. A empresa está inserida num ambiente transacional onde existem elevadas barreiras à entrada e à saída e em que o poder negocial dos clientes é baixo, contrapondo-se a um elevado poder negocial dos fornecedores. Para o desenvolvimento das atividades foram necessários vários conhecimentos contabilísticos adquiridos durante a licenciatura e o mestrado.​



Info Adicional:
O presente trabalho consiste num relatório de estágio elaborado no âmbito do segundo ano do Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais, com especialização em Finanças e Contabilidade, lecionado na Universidade dos Açores. O estágio, com duração de nove meses, teve início no dia 1 de outubro de 2020 e decorreu no departamento de contabilidade da Fábrica de Tabaco Micaelense, cuja principal atividade é a produção e venda de tabaco manufaturado. Ao longo do relatório efetua-se um enquadramento teórico sobre a contabilidade, seguindo-se a caracterização da empresa, a apresentação das várias atividades desenvolvidas no estágio e, por fim, é realizada uma análise crítica ao estágio. Com o enquadramento teórico sobre a contabilidade constata-se que esta área de estudo passou progressivamente a acompanhar o desenvolvimento económico e técnico e a redirecionar-se para o alcance de objetivos globais e para a tomada de decisões de gestão. Da caracterização da Fábrica de Tabaco Micaelense verifica-se que esta indústria tabaqueira atua num sistema de duopólio, tendo como principal foco a qualidade organolética dos produtos que comercializa, utilizando marcas próprias e marcas sob licença, e a adoção de práticas responsáveis. A aposta em novos produtos e numa carteira de negócios diversificada permitem à empresa marcar uma maior presença no mercado. As atividades desenvolvidas no estágio englobam o processo de receção, lançamento e arquivo da documentação, as práticas de controlo interno, a contabilidade analítica, as obrigações fiscais, a resposta a inquéritos estatísticos no âmbito da contabilidade e as operações de fim de exercício. Por fim, da análise crítica ao estágio verifica-se que a FTM tem uma presença sólida nos mercados Açores e Madeira e está sujeita a uma forte legislação antitabágica. A empresa está inserida num ambiente transacional onde existem elevadas barreiras à entrada e à saída e em que o poder negocial dos clientes é baixo, contrapondo-se a um elevado poder negocial dos fornecedores. Para o desenvolvimento das atividades foram necessários vários conhecimentos contabilísticos adquiridos durante a licenciatura e o mestrado.



Autor:




Clica para continuares a ler...
 
Voltar
Topo