Novas estratégias de reabilitação e adaptação cognitiva em pacientes com défice cognitivo ligeiro

  • Criador do tópico RCAAP Rss Feeder
  • Start date
R

RCAAP Rss Feeder

Guest
Breve resumo:
O Défice Cognitivo Ligeiro (DCL) refere-se a uma fase de evolução entre as alterações cognitivas próprias do envelhecimento e o estádio inicial de uma demência. Os tratamentos farmacológicos para essa finalidade são recentes e tem uma taxa de eficácia ainda em avaliação, tendo como objetivo a diminuição da progressão da doença. Sendo relevante nesse sentido os tratamentos não farmacológicos que funcionam como tratamentos complementares, fornecendo ao paciente terapêuticas capazes de devolver o bem-estar e em alguns casos poderão interromper o avanço da doença. Posto isso, o objetivo da presente investigação foca-se nas novas estratégias de reabilitação e adaptação cognitiva em pacientes com Défice Cognitivo Ligeiro. A pesquisa foi realizada na base de dados PubMed, com base nos artigos dos últimos 10 anos. Avaliando o impacto do exercício físico e do treino cognitivo nos pacientes com DCL, sem outras comorbidades. Os estudos apresentaram metodologias distintas e tarefas cognitivas e físicas específicas focadas em melhorias em diversos âmbitos: Memória, atenção, equilíbrio, força, independência do paciente, plasticidade cognitiva, os artigos procuravam confirmar se o programa apresentado proporciona melhorias, estabilização ou deterioração de pacientes com DCL (Défice Cognitivo Ligeiro).​



Info Adicional:
O Défice Cognitivo Ligeiro (DCL) refere-se a uma fase de evolução entre as alterações cognitivas próprias do envelhecimento e o estádio inicial de uma demência. Os tratamentos farmacológicos para essa finalidade são recentes e tem uma taxa de eficácia ainda em avaliação, tendo como objetivo a diminuição da progressão da doença. Sendo relevante nesse sentido os tratamentos não farmacológicos que funcionam como tratamentos complementares, fornecendo ao paciente terapêuticas capazes de devolver o bem-estar e em alguns casos poderão interromper o avanço da doença. Posto isso, o objetivo da presente investigação foca-se nas novas estratégias de reabilitação e adaptação cognitiva em pacientes com Défice Cognitivo Ligeiro. A pesquisa foi realizada na base de dados PubMed, com base nos artigos dos últimos 10 anos. Avaliando o impacto do exercício físico e do treino cognitivo nos pacientes com DCL, sem outras comorbidades. Os estudos apresentaram metodologias distintas e tarefas cognitivas e físicas específicas focadas em melhorias em diversos âmbitos: Memória, atenção, equilíbrio, força, independência do paciente, plasticidade cognitiva, os artigos procuravam confirmar se o programa apresentado proporciona melhorias, estabilização ou deterioração de pacientes com DCL (Défice Cognitivo Ligeiro).



Autor:




Clica para continuares a ler...
 
Voltar
Topo