RSS Cientifico geral Liderança e comunicação: as forças estratégicas para combater o cinismo organizacional

  • Criador do tópico RCAAP Rss Feeder
  • Start date
R

RCAAP Rss Feeder

Guest
Breve resumo:
O novo paradigma organizacional caracteriza-se pela intensificação do trabalho e da sua complexidade, o que tem contribuído para o aumento da expressão de atitudes negativas pelos colaboradores, ou seja, em frustração, falta de esperança e desconfiança em relação às práticas da organização e liderança (Thomas e Gupta, 2018) – o cinismo organizacional. A liderança e a comunicação surgem como duas forças estratégicas para combater este fenómeno organizacional danoso, uma vez que certos estilos de liderança e competências de comunicação são capazes de aumentar a eficácia de um líder, assim como a sua probabilidade para obter os melhores resultados organizacionais, incluindo níveis elevados de satisfação, compromisso e desempenho laborais (de Vries, Bakker-Pieper e Oostenveld, 2010; Rego, 2016). Sendo uma das suas áreas de atuação estratégica, compete às relações públicas apoiar os líderes a adaptar os seus estilos, por meio do planeamento estratégico da sua comunicação.​



Info Adicional:
O novo paradigma organizacional caracteriza-se pela intensificação do trabalho e da sua complexidade, o que tem contribuído para o aumento da expressão de atitudes negativas pelos colaboradores, ou seja, em frustração, falta de esperança e desconfiança em relação às práticas da organização e liderança (Thomas e Gupta, 2018) – o cinismo organizacional. A liderança e a comunicação surgem como duas forças estratégicas para combater este fenómeno organizacional danoso, uma vez que certos estilos de liderança e competências de comunicação são capazes de aumentar a eficácia de um líder, assim como a sua probabilidade para obter os melhores resultados organizacionais, incluindo níveis elevados de satisfação, compromisso e desempenho laborais (de Vries, Bakker-Pieper e Oostenveld, 2010; Rego, 2016). Sendo uma das suas áreas de atuação estratégica, compete às relações públicas apoiar os líderes a adaptar os seus estilos, por meio do planeamento estratégico da sua comunicação.



Autor:




Clica para continuares a ler...
 
Voltar
Topo