RSS Cientifico geral Evidências das intervenções pré-operatórias de enfermagem de reabilitação na prevenção de complicações pós-operatórias de cirurgia abdominal alta.

  • Criador do tópico RCAAP Rss Feeder
  • Start date

↗️ Plataformas de hospedagem de Conteúdo(audio, video..etc) do Pinhalismo(Carlos Pinhal)

Redes Socias do Pinhalismo: Canal Telegram Grupo Telegram(NFP Social)

Hospedagem de Videos: Canal do Youtube Dailymotion Rumble Odysee
Hospedagem Multi Média(video, audio, imagem...etc): Internet Archive
R

RCAAP Rss Feeder

Guest
Breve resumo:
Consensualmente, na comunidade científica, entende-se que a cirurgia representa uma significativa ameaça para a integridade da pessoa. Daqui surgem reações de ansiedade e medo associadas ao procedimento e às complicações do mesmo. No caso de cirurgias “major”, como a cirurgia abdominal alta, podem surgir diversas complicações, sendo importante causas de morbilidade pós-operatória com impacto na qualidade de vida dos doentes e podendo induzir aumento dos dias de internamento com consequente aumento de custos em saúde. De acordo com a OE, as complicações cirúrgicas correspondem a “qualquer disfunção que ocorra no pós-operatório e que resulte em doença ou disfunção clinicamente significativa afetando negativamente o normal decurso da recuperação.” Embora não seja previsível a total eliminação de complicações, é possível diminuir a sua incidência e minimizar o seu impacto. Daí se depreende a importância do desenvolvimento de cuidados pré-operatórios de excelência. Alguns autores comprovam que as sessões de educação para a saúde e exercícios, implementados pelo profissional de saúde no período pré-operatório da cirurgia abdominal, contribuem para a lembrança, pelo doente, dos exercícios respiratórios, aumentam a sua capacidade de aprendizagem, melhoram a apreensão de conhecimentos, assim como aumentam a taxa de adesão ao tratamento e realização de exercícios prevenindo complicações. A intervenção do enfermeiro, particularmente, do enfermeiro especialista em enfermagem de reabilitação tem enfoque na promoção da saúde e prevenção de complicações tendo, nesta área particularmente, a possibilidade de uma ação relevante.​



Info Adicional:
Consensualmente, na comunidade científica, entende-se que a cirurgia representa uma significativa ameaça para a integridade da pessoa. Daqui surgem reações de ansiedade e medo associadas ao procedimento e às complicações do mesmo. No caso de cirurgias “major”, como a cirurgia abdominal alta, podem surgir diversas complicações, sendo importante causas de morbilidade pós-operatória com impacto na qualidade de vida dos doentes e podendo induzir aumento dos dias de internamento com consequente aumento de custos em saúde. De acordo com a OE, as complicações cirúrgicas correspondem a “qualquer disfunção que ocorra no pós-operatório e que resulte em doença ou disfunção clinicamente significativa afetando negativamente o normal decurso da recuperação.” Embora não seja previsível a total eliminação de complicações, é possível diminuir a sua incidência e minimizar o seu impacto. Daí se depreende a importância do desenvolvimento de cuidados pré-operatórios de excelência. Alguns autores comprovam que as sessões de educação para a saúde e exercícios, implementados pelo profissional de saúde no período pré-operatório da cirurgia abdominal, contribuem para a lembrança, pelo doente, dos exercícios respiratórios, aumentam a sua capacidade de aprendizagem, melhoram a apreensão de conhecimentos, assim como aumentam a taxa de adesão ao tratamento e realização de exercícios prevenindo complicações. A intervenção do enfermeiro, particularmente, do enfermeiro especialista em enfermagem de reabilitação tem enfoque na promoção da saúde e prevenção de complicações tendo, nesta área particularmente, a possibilidade de uma ação relevante.



Autor:




Clica para continuares a ler...
 
Voltar
Topo