RSS Cientifico geral Avaliação e caracterização de populações de milho açorianas

  • Criador do tópico RCAAP Rss Feeder
  • Start date
R

RCAAP Rss Feeder

Guest
Breve resumo:
Em Portugal continental e nas ilhas, as variedades regionais de milho são utilizadas para o consumo humano e animal à centenas de anos. Nos Açores as variedades de milho regionais, atualmente são utilizadas na panificação e na confeção de sobremesas como as “papas grossas”. A ESAC-IPC tem vindo a trabalhar ao longo dos anos em melhoramento participativo de modo a valorizar as variedades regionais de milho para os nichos de mercado, e a adaptação de germoplasma em diferentes locais e à agroecologia e agricultura biológica. Neste ensaio, multiplicaram-se 20 variedades de germoplasma açoriano que se encontravam preservadas ao longo do tempo no frio, ao mesmo tempo em que se procedeu a caracterização destas populações com os descritores do IPGRI e HUNTERS e também se criou um compósito com estas variedades. Tendo em conta os dados preliminares, os resultados são promissores, não só pela produção estimada, mas também pela unicidade do germoplasma utilizado que difere do germoplasma usado em Portugal continental para a confeção de broa. A realização da multiplicação do germoplasma, para além de produzir nova semente e em quantidade, criou também diversidade para as próximas gerações que serão utilizadas numa abordagem multi-ator. Palavras-chave: Zea mays; Variedades Regionais; Multiplicação; Caracterização; Melhoramento Participativo​



Info Adicional:
Em Portugal continental e nas ilhas, as variedades regionais de milho são utilizadas para o consumo humano e animal à centenas de anos. Nos Açores as variedades de milho regionais, atualmente são utilizadas na panificação e na confeção de sobremesas como as “papas grossas”. A ESAC-IPC tem vindo a trabalhar ao longo dos anos em melhoramento participativo de modo a valorizar as variedades regionais de milho para os nichos de mercado, e a adaptação de germoplasma em diferentes locais e à agroecologia e agricultura biológica. Neste ensaio, multiplicaram-se 20 variedades de germoplasma açoriano que se encontravam preservadas ao longo do tempo no frio, ao mesmo tempo em que se procedeu a caracterização destas populações com os descritores do IPGRI e HUNTERS e também se criou um compósito com estas variedades. Tendo em conta os dados preliminares, os resultados são promissores, não só pela produção estimada, mas também pela unicidade do germoplasma utilizado que difere do germoplasma usado em Portugal continental para a confeção de broa. A realização da multiplicação do germoplasma, para além de produzir nova semente e em quantidade, criou também diversidade para as próximas gerações que serão utilizadas numa abordagem multi-ator. Palavras-chave: Zea mays; Variedades Regionais; Multiplicação; Caracterização; Melhoramento Participativo



Autor:




Clica para continuares a ler...
 
Voltar
Topo