RSS Cientifico geral A participação das empresas portuguesas em projectos industriais nos países da África Subsaariana : 1987-89.

  • Criador do tópico RCAAP Rss Feeder
  • Start date
R

RCAAP Rss Feeder

Guest
Breve resumo:
Nos últimos três anos tem-se assistjdo a um crescente envolvimento de empresas portuguesas em projectos industriais nos países da Africa subsaariana. Esta participação assume diferentes formas e graus· de intervenção: desde a elaboração de estudos de viabilidade, a projectos de assistência· técnica, reabilitação; acções de formação e à constituição de joint ventures com parceiros africanos. O objectivo deste trabalho é o de demonstrar que estas intervenções das empresas nacionais contribuem positivamente para as economias daqueles países, ao mesmo tempo que constituem acções estratégicas para a diversificação das suas actividades em outros mercados menos competitivos face ao previsível aumento da concorrência provocado pelo Mercado Único de 1993. No presente trabalho mostrámos que os .projectos desenvolvidos, no âmbito do COI, pelas empresas europeias nos países ACP têm trazido uma contribuição positiva para as suas economias, nomeadamente através da criação de novas empresas, ·reabilitação de existentes, do · investimento realizado, volume de emprego criado, ·pessoal formado, assistência técnica prestada, identificação e elaboração de projectos.​



Info Adicional:
Nos últimos três anos tem-se assistjdo a um crescente envolvimento de empresas portuguesas em projectos industriais nos países da Africa subsaariana. Esta participação assume diferentes formas e graus· de intervenção: desde a elaboração de estudos de viabilidade, a projectos de assistência· técnica, reabilitação; acções de formação e à constituição de joint ventures com parceiros africanos. O objectivo deste trabalho é o de demonstrar que estas intervenções das empresas nacionais contribuem positivamente para as economias daqueles países, ao mesmo tempo que constituem acções estratégicas para a diversificação das suas actividades em outros mercados menos competitivos face ao previsível aumento da concorrência provocado pelo Mercado Único de 1993. No presente trabalho mostrámos que os .projectos desenvolvidos, no âmbito do COI, pelas empresas europeias nos países ACP têm trazido uma contribuição positiva para as suas economias, nomeadamente através da criação de novas empresas, ·reabilitação de existentes, do · investimento realizado, volume de emprego criado, ·pessoal formado, assistência técnica prestada, identificação e elaboração de projectos.



Autor:




Clica para continuares a ler...
 
Voltar
Topo